Sem dúvida 2016 foi o ano em que eu mais assisti filmes que, logo depois, foram nomeados para o Oscar.

Tiveram os longas “A Chegada“, “La La Land“, “Capitão Fantástico” e – por incrível que pareça – “Esquadrão Suicida“; o curta animado “Piper” e as animações “Zootopia” e “Moana“, tendo esta última ganhado um lugar especial no meu coração. Ao todo foram sete.

spacejam
Eu não reclamaria se isso tivesse acontecido de verdade

Faz mais ou menos 11 anos desde que comecei a ver filmes numa frequência muito maior do que a média, mas só nos últimos cinco eu comecei a ter vontade de acompanhar a cerimônia do Oscar. Isso porque quando eu comecei a gravar podcasts, achei que seria uma ótima ideia publicar episódios sobre os indicados e os vencedores, mas o plano não dava certo basicamente por dois motivos.

O primeiro deles é porque eu não assistia aos filmes que tinham potencial para serem indicados e, por causa do curto tempo entre a nomeação e a cerimônia, ficava inviável assistir tudo e ainda mais criar qualquer tipo de conteúdo comentando sobre o assunto.

O segundo é que a cerimônia do Oscar termina mega tarde para nós, pobres almas que precisam acordar cedo na segunda de manhã. Então sem chances de ficar acordado acompanhando a premiação durante a madrugada de domingo pra segunda.

Dessa vez foi diferente porque o carnaval calhou de cair na mesma data e eu pude acompanhar. Ironicamente o único conteúdo que eu criei sobre o Oscar foram esse texto e 3 fotos que eu postei na história do instagram.

instagram-oscar-2017
Fãs fazendo um tour pelo Oscar e outras loucuras aconteceram esta noite

Confesso que a experiência foi interessante. Além de finalmente conhecer vários dos indicados, mesmo que apenas pela sinopse ou pelo trailer, a surpresa final e acidental me despertou nos últimos minutos de cerimônia, quando eu já estava prestes a desistir de ir pra cama e dormir ali no sofá da sala mesmo.

Para quem não acompanhou, o ator Warren Beatty que ficou de anunciar o melhor filme recebeu o envelope errado com a indicação de melhor atriz (que já havia sido recebido pela Emma Stone). Warren ficou confuso e passou o envelope para Faye Dunaway que, mais que depressa, viu o nome de Emma Stone e anunciou que La La Land havia ganhado o prêmio de melhor filme, quando na verdade, o vencedor havia sido Moonlight.

UPDATE (21/03/17): o canal Vox publicou hoje mais cedo uma revisão da tipografia do cartão do Oscar e analisou como esse tipo de erro pode afetar negativamente não só as premiações, mas também áreas como política e saúde. O vídeo tem apenas 6 minutos e está em inglês, mas pode ser que logo mais apareça uma legenda no próprio vídeo.

FIM DO UPDATE

E vocês? Assistiram a cerimônia? Viram algum dos filmes que levou a estatueta? Conta aí pra gente. :D

Anúncios