Todo início de ano vemos pelo menos meia dúzia de reportagens sobre como organizar a vida, quitar o carro, a fatura do cartão de crédito e coisas do tipo. Por um lado isso pode ajudar quem realmente está fodido, mas por outro, tais dicas não ajudam nem um pouco quem não tem uma vida tão atribulada (para o bem ou para o mal).

consuela family guy

Se você, por exemplo, precisa de dicas para terminar de ler todos aqueles livros que comprou na Black Friday de 2007 e ainda estão empoeirando no seu armário, as matérias sobre organização do Jornal Hoje provavelmente não irão te ajudar. Se sua caixa de entrada tem 666 – número meramente ilustrativo – e-mails não lidos, provavelmente nenhuma repórter do programa matinal da Record vai te ajudar com isso. Se sua área de trabalho tem mais arquivos que o próprio diretório C:\ e você ainda não conseguiu pensar numa metodologia para limpar tudo, o Zeca Camargo não tem uma dica pra você, meu amigo. E se sua lista de vídeos “para ver mais tarde” contém produções fantásticas desde a época em que o Jeremias Muito Louco ainda era o hit do verão, provavelmente só um blogueiro de 23 anos metido a engraçadinho pode te ajudar. E é aqui que eu entro!

wink-point

Mas como diria Jack, O Estripador: vamos por partes!

Em primeiro lugar, reuna a bagunça em um lugar só. Ou melhor: categorize a sua bagunça!

Abra uma planilha e anote todos os livros que você ainda precisa ler (na segunda coluna, anote o número de páginas de cada um deles – isso pode ser útil no futuro). Como complemento – ou substituto – a isso, crie uma conta no Skoob (me adicione lá se você for legal), coloque todos os seus livros lá e crie uma meta de leitura a ser batida até o final do corrente ano. Até o momento minha meta são nove livros, mas à medida em que eu for terminando de ler eu vou adicionando mais.

barra skoob

Quanto à zona de guerra que se encontra na sua área de trabalho, jogue todos os arquivos dentro de uma nova pasta a qual você pode chamar de BAGUNÇA INFERNAL ou um nome mais agradável (a minha se chama START HERE). E a respeito de todos aqueles vídeos que você ainda quer ver – se é que ainda quer – você pode matar dois ou três coelhos com uma cajadada só: abra seu GMail – ou seja lá qual cliente de e-mail você usa, mas pelamordedeus, quem não usa GMail? Seja profissional pelo menos nesse aspecto! – e procure por todos os vídeos de canais em que você está inscrito e os adicione naquela lista mágica nativa do YouTube chamada ASSISTIR MAIS TARDE (ou WATCH LATER se sua conta está configurada em inglês). Para adicionar um vídeo à lista é só clicar no ícone do relógio no canto direito dele. Para entrar na lista, é só clicar no menu suspenso no topo da página do lado esquerdo.

youtube assistir mais tarde

Fazendo um adendo sobre o GMail, deixo aqui dois motivos para usá-lo (além do motivo de parecer mais profissional ao mandar uma mensagem pra qualquer pessoa na face da Terra): primeiro, ele tem o visual muito mais limpo do que qualquer outro; e segundo, desde 2013 ele possui três abas que fazem uma triagem do seu e-mail em três categorias (Principal, Social e Promoções). Os vídeos do YouTube vão para o Social.

Ainda falando em e-mails e em matança de coelhos com golpes de cajado – ou de pássaros com pedras – faça do Inbox Zero o seu novo mantra. Inbox Zero se consiste basicamente em limpar completamente sua caixa de entrada todos os dias (delete os e-mails inúteis, responda os que precisam ser respondidos e pare de procrastinar pela eternidade).

Um outro lugar onde pode haver muitos vídeos guardados é a sua barra de favoritos. Faça um favor a você mesmo e instale um plugin chamado “Über simple bookmark count“. Ele serve para mostrar quantas páginas foram favoritadas por você. Talvez tratamento de choque cure falta de organização. Quantos links apareceu aí pra você? 100? 500? 2000? Tem que ver isso aí, fera. Agora é hora de quebrar esse problema gigante em vários problemas pequenos.

No meu caso, eu tinha mais de 400 links. Alguns já estavam organizados por temas mas o resto era uma bagunça terrível. Entrei no gerenciador de favoritos e criei temporariamente mais algumas pastas e, dentro delas, coloquei quantidades iguais de links já existentes. A partir daí meu objetivo foi deixar apenas os sites realmente importantes para que depois eu os separasse por temas e me visse livre de vez daquele desconforto visual que envolvia URLs inúteis e páginas que já não existiam mais. Faça isso também.

Um último foco de “desordem” talvez seja sua lista de filmes e séries para assistir. Assim como os livros, catalogue-os, mas não numa planilha porque vai dar muito trabalho. Crie uma conta no Filmow (olha a minha aí) e outra no Orangotag (eu aqui de novo) e, respectivamente, adicione seus filmes e séries lá. No caso das séries, o site aponta que eu assisto 48, mas a maioria ali é somente um lembrete para ainda começar a assistir.

E essas são minhas dicas por enquanto. Pelo visto o texto vai ficar um tanto quanto gigantesco, então vou dividí-lo em algumas partes (no máximo quatro). Não se esqueça que os passos listados até agora foram só o início para organizar a bagunça do dia a dia.

À medida em que eu for escrevendo, colocarei os links no final dos textos pra quem chegar aqui depois não ficar perdido.

Por hoje é só, pessoal!

[Divulguem para os seus amigos desorganizados! / Facebook / Twitter / Meu podcast]

Anúncios