Não sei se algum de vocês mordeu a isca que eu deixei no texto do último dia 28, mas agora eu entrei na onda desse negócio de cubo mágico.

É assim, quando eu coloco uma ideia na cabeça, já era.

Passei a última semana assistindo os tutoriais desse site (ótimos tutoriais, diga-se de passagem) e estudando os movimentos num cubo mágico em flash que eu achei graças ao advento do Google. Só que vocês devem imaginar que mexer com o quebra-cabeça real é muito melhor, te dá a noção tridimensional que você deve ter e essas coisas.

Nesse sábado durante um ~rolê~ acabei gastando alguns reais pra comprar o Rubik’s Cube, afinal eu não compro nada pirateado nessa vida. (Baixo filme de graça no uTorrent mas nunca dei um centavo pro camelô. Sim, sou um hipócrita do caralho. Mas dane-se, o assunto aqui é outro.)

Motivado a aprender a montar essa bagaça o mais rápido possível, ao mesmo tempo em que eu quero dar uma movimentada no meu canal do YouTube, criarei um “vlog” sobre isso – entre aspas gigantes porque apesar de estar no meu quarto eu não tô xingando ninguém e muito menos apontando pro meu teto pedindo SUBSCRIBE.

Pensei em fazer como a mulher do vídeo acima, filmar ao longo dos dias e só publicar um compiladão quando eu já estivesse realmente manjando dos paranauê, mas resolvi que fazer vários vídeos será melhor. Porém, talvez eu faça esse compilado depois. Tudo é possível nessa vida.

Sem mais delongas, fiquem aí com o episódio piloto:

[Aprenda algo novo e divulgue! / Facebook / Twitter / Meu podcast]

Anúncios