Desde que eu passei a ser um usuário constante do Reddit e adotei um estilo de vida minimalista por causa de um sub-reddit, comecei a abrir mão de muitas coisas que ocupam espaço e tempo na minha vida. No início é difícil abrir mão das coisas, então comecei pelo jeito mais simples, me livrando de pertences virtuais.

As imagens abaixo por exemplo, representam minha área de trabalho antes de depois de eu conhecer a fundo a filosofia minimalista. Desinstalei um monte de coisa inútil, limpei minha área de trabalho e mudei a imagem do papel de parede para uma coisa mais simples.

desktop01

desktop02

Ainda está meio bagunçado? Está, mas um passo de cada vez.

Mudando um pouco de assunto, acabei de entrar no meu Flickr e percebi que é apenas de uma rede social que eu entro de vez em nunca. O site é bacana, coisa e tal mas eu não sou fotógrafo, não sei tirar foto e não preciso expor minhas fotos lá. É como se eu comprasse uma filmadora profissional pra registrar churrasco na laje (não, eu não frequento churrascos em lajes).

“O que fazer então?”, pensei com meus botões – o que prova que atualmente estou com 65 anos, afinal quem usa a expressão “pensar com seus botões” hoje em dia?

“Já sei, vou mandar minhas fotos pra onde todo mundo manda. O FaceboOPA! PERAÍ! Eu nem gosto do Facebook, então porque exibi-las se eu posso simplesmente guardá-las?”

E é o que eu farei. Guardarei todas minhas fotos na “nuvem”, deixarei só as melhores fotos (entenda como quiser) no meu perfil e deletarei pelo menos 80% das 129 fotos que eu favoritei. Aliás, pra que a gente favorita tanta coisa? Pra que a gente precisa de tanta rede social? E pra que eu tenho uma conta no LastFM sendo que eu nem uso aquela bosta?

Anúncios