Pois é, dezembro de 2012 chegou, já tá acabando e eu mal vi ele passar. Todo mundo curtindo a vida adoidado e falando sobre os maias, enquanto eu passava esse tempo trabalhando muito e dormindo pouco.

Já comentei algumas vezes que atualmente trabalho com moda numa loja de roupas. Porém, acho que não deixei claro que essa loja fica no shopping mais movimentado de Belo Horizonte. Com isso, aprendi da pior forma que o brasileiro tem a péssima mania de deixar tudo para a última hora: o movimento da loja aumentou incalculavelmente nos últimos dias a ponto de eu não conseguir mais ficar num lugar onde a quantidade de pessoas por metro quadrado fosse maior que 0,5.

Para “piorar” a situação (entre aspas porque o dinheiro que eu vou receber será muito bem vindo), entre os dias 15 e 23, tivemos a oportunidade de dobrar nossa escala de trabalho, ou seja, podíamos chegar às 9h da manhã e sair à meia-noite da loja se quiséssemos. Foi cansativo, mas tudo vale a pena quando a grana não é pequena.

Meus dias se resumiram a acordar, ir trabalhar, sair da loja à meia noite depois de fazer reposição de mercadoria, ir pra casa TENTAR dormir, pegar no sono por volta das 2h da manhã, acordar às 8h e ir trabalhar de novo. Pra completar ainda ganhei uma combinação de perda de voz + tosse + princípio de gripe. Saí completamente fodido mas um pouco de trabalho nunca matou ninguém, a menos que você seja um assassino de aluguel, mas não vamos nos ater aos detalhes.

Mas mesmo cansado pude tirar algumas coisas boas disso tudo como a experiência de ralar no Natal em si e algumas amizades de pessoas que só estavam lá para trabalhar nesse fim de ano e que em janeiro seguirão com suas vidas [/momento sentimental do texto].

Mas enfim, hoje é nosso dia de folga (porque é Natal!) e aproveitei para deixar esse update aqui. Ainda falta uma semana pra 2013 chegar e provavelmente devo passar por aqui pra deixar algum outro texto ou uma retrospectiva. Até lá eu penso em algo.

Se eu não pensar, feliz resto de Natal e próspero ano novo.

Anúncios