Recentemente reinstalei pela décima vez um emulador para Super Nintendo (SNES) no PC e a sensação de nostalgia não poderia ser maior. Dessa vez instalei os jogos mais frustrantes da minha infância e os mais bacanas da minha pré-adolescência: Aladdin, Eek! The Cat, Jurassic Park 2 – The Chaos Continues e The Mask (O Máskara). Não, não instalei Super Mário World.

O primeiro dos games acima que me dei ao trabalho de jogar por inteiro foi Aladdin porque, se me lembro bem, era meu jogo favorito e, infelizmente, também foi o primeiro a estragar (não por culpa minha porque sempre cuidei bem das minhas coisas). O “lado bom” é que algumas fases ainda funcionavam, como por exemplo as três do mundo do Gênio, mas para chegar lá era necessário o password, já que as primeiras fases do cartucho estavam entre aquelas não não funcionavam nem com uma boa assoprada. De tanto utilizar a seqüencia para ir direto ao mundo do Gênio, acabei decorando: Gênio, Jafar, Aladdin, Macaco (o macaco é o Abu, mas eu sempre chamei de macaco e vou continuar chamando).

Meu objetivo inicial não era fazer uma resenha do jogo, afinal existe uma infinidade de sites que já fazem isso, mas como eu sou muito fã do jogo aqui vai a minha:

O jogo é muito simples. Suas formas de ataque são pular em cima dos vilões e atirar maçãs. Você também pode correr, se equilibrar em áreas muito pequenas como estacas no chão ou estalagmites nas cavernas (pleonasmo?), pendurar-se em ganchos nas paredes e também usar um pára-quedas improvisado feito com um pedaço de pano encontrado em uma das primeiras fases. O pára-quedas é excelente para quando você precisa pular em solo desconhecido, pois reduz a velocidade da queda. O lado ruim é que quando você perder suas vidas e já estiver em um mundo muito distante, você reaparece nesse mundo sem o item, aumentando sua probabilidade de cair em um buraco ou dar de cara com um vilão estando desprotegido. Quanto às músicas do jogo, elas se alternam nas trocas de mundo e, se não me engano, todas – ou a maioria pelo menos – são fiéis ao desenho original.

Nota: quando você for baixar o jogo, tenha em mente que alguns podem vir com defeito. Se o primeiro chefão (imagem abaixo) não parar de sacudir a espada depois de você dar o primeiro golpe nele, é bem provável que o jogo esteja com defeito.

No fim das contas é um jogo de ação/aventura muito bom e merece ser jogado. Dou nota 9,0 pra ele.

Boa sorte!

Anúncios