Reconhecer talentos é uma arte. Ser um deles, nem tanto.

Sempre que eu tenho criar alguma coisa nova na internet, a vergonha acaba sempre me vencendo. Tentei criar um podcast, não deu certo. Criei um vlog, não dei continuidade (por enquanto). É muito foda querer tentar criar algo interessante pra mostrar pros amigos e no final das contas, você acaba sendo vencido pelo seu próprio psicológico.

Veja só o caso do PC Siqueira: o cara era um total desconhecido até criar o canal MASPOXAVIDA e agora é adorado por milhares de pessoas. Mas essa não é a questão. O que eu quero dizer é que o cara tem várias ideias ótimas, sabe criticar as banalidades do dia a dia e ainda é engraçado mesmo quando não tenta ser. Claro que isso é questão de dom. Não é o que se diz e sim, como se diz.

Hoje em dia, tem muita gente que vê algo na web e tenta copiar de cara. Às vezes dá certo, às vezes não. Confesso que fiz isso, mas como não deu certo, continuo aqui escrevendo.

Essa é a minha forma de criticar e falar sobre o mundo. Tem gente que escreve, tem gente que fala e tem gente que dá a cara a tapa.

Escolhi a primeira opção.

Ou melhor, fui escolhido por ela.

UPDATE: Em outubro do mesmo ano criei meu podcast. Quanto ao vlog, desisti da ideia.

Anúncios